teresa.n.projecto@gmail.com
@teresaprojecto
CV 2021

FORMAÇÃO

desde 2014
Doutoramento em Belas-Artes (especialidade de Pintura)
Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas-Artes

2014
Mestrado em Pintura
Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas-Artes

2011
Licenciatura em Pintura
Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas-Artes

2007
Curso Científico-humanístico - ramo Artes
Escola Secundária Gabriel Pereira, Évora

1996
Formação Musical
Conservatório Regional de Évora EBORAE MVSICA


AFILIAÇÕES

desde 2021
Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical | CESEM
Grupo de Teoria Crítica e Comunicação
Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Cências Sociais e Humanas

desde 2018
Centro de Investigação e Estudos em Belas-Artes | CIEBA
Grupo de Pintura
Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas-Artes


EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

2019
canto
ATELIER CONCORDE, Lisboa

2018
verso
Galeria Municipal de Montemor-o-Novo, Montemor-o-Novo


EXPOSIÇÕES COLECTIVAS

2021
a invenção do compasso
colectivo humor líquido
OCUPART/Sá da Costa, Lisboa

2021
caudal
colectivo humor líquido
Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas-Artes, Lisboa

2018
ensaio sobre a terra
colectivo humor líquido e Ana Carolina Rodrigues
Galeria Municipal de Montemor-o-Novo

2018
the moving north
colectivo humor líquido
Maxilla Space, Londres (UK)

2016
rumor
colectivo humor líquido
FESTIVAL SILÊNCIO’17 | Ciclo Maria Gabriela Llansol

2016
porque o céu é azul
Instituto Superior de Economia e Gestão, Lisboa

2014
o encontro: restos | carta sobre a névoa
Catarina Domingues e Teresa Projecto
Jornadas Llansolianas, Espaço Llansol, Sintra

2014
sendo
Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas-Artes


PROJECÇÕES

2018
die Rosse
Projecção de filme, Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa

2018
die Rosse
Projecção de filme, Galeria Municipal de Montemor-o-Novo

2018
Kyrie
Projecção de filme, Galeria Municipal de Montemor-o-Novo

CONVERSAS

2018
em torno da exposição verso
Seminário Aberto
Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa

2015
umbral: sobre o crú e o cozido a partir de ‘torrões de terra’ de Manuel Zimbro
Conversas à Volta do Crú e do Cozido
Oficinas da Cerâmica e da Terra | Oficinas do Convento, Montemor-o-Novo

2014
em torno da exposição O encontro
com Catarina Domingues e Tomás Maia
Jornadas Llansolianas, Espaço Llansol, Sintra

2014
em torno da exposição sendo
disciplina de Pensamento e Obra, Mestrado em Pintura
Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa

PUBLICAÇÕES

2019, canto
Livro de artista (100 exemplares)

2018, ensaio sobre a terra
Opúsculo, colectivo humor líquido, Tomás Maia

2018, the moving north
Opúsculo/livro de artista, colectivo humor líquido

2016, rumor
Livro de artista, colectivo humor líquido (40 exemplares)

2014, livro de horas
Livro de artista (20 exemplares)

2014, diário
Livro de artista (4 exemplares)

2015
Restos
In O IMPÉRIO DOS FRAGMENTOS: Llansol e a exigência fragmentária; Barrento, João (ed.), 13-15. Lisboa: Mariposa Azual, 2015. [ISBN: 978-972- 8481-45-2]

2014
Sendo: a experiência do tempo na pintura
In Teses de Mestrado em Pintura 11'13; Sabino, Isabel (ed.), 32-25. Lisboa: Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, 2015. [ISBN: 978-989-8300-95-9]

2012
Sem título
In Finalistas Pintura 2010'11; Botelho, Manuel; Vidal, Carlos (eds). Lisboa: Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, 2012. [ISBN: 978-989-8300-30-0]